Friday, December 19, 2014

Seg. Social Independentes - Alargamento do prazo de pagamento

Foi hoje alargado o prazo para pagamento da Segurança Social dos Trabalhadores Independentes neste mês de Dezembro. Assim, o pagamento cuja data limite terminava a 20 de Dezembro, viu esse prazo alargado até 15 de Janeiro de 2015. Procura-se, desta forma, e dada a grande adesão às alterações de escalão contributivo, permitir aos contribuintes efectuar já este pagamento de acordo com o novo escalão

Presume-se que quem já efectuou o pagamento tendo como base o escalão indicado, fará posteriormente um acerto de contas com a Seg. Social.

Mais informações neste link.

Wednesday, December 17, 2014

Alteração de Escalão - Segurança Social

     Após a comunicação do novo escalão de contribuição para a Segurança Social fixado para o próximo ano, é possível efectuar o pedido de alteração do escalão contributivo através do site Segurança Social Directa. O processo é rápido e simples, e permite optar por descer ou subir até 2 escalões relativamente ao escalão fixado.

     De forma a proceder com maior facilidade e menos dúvidas, aconselhamos a consulta deste link que explica o processo, passo a passo.

Thursday, December 11, 2014

Segurança Social - Trabalhadores Independentes

Nos últimos dias a Segurança Social tem procedido à comunicação, aos Trabalhadores Independentes, do valor da contribuição mensal a pagar no próximo ano. Este valor é calculado com base nos rendimentos dos Trabalhadores Independentes em 2013 (ou seja, há um desfazamento de praticamente 1 ano). A aplicação de um coeficiente determina em qual dos escalões existentes o contribuinte se enquadra e o valor da contribuição a aplicar nos próximos 12 meses.

No entanto, é possível requerer a alteração de escalão, tanto para um escalão superior, como inferior, num prazo de 10 dias úteis.

Os "Recibos Verdes", nome geralmente associado aos Trabalhadores Independentes no Regime Simplificado, são na nossa opinião muito limitativos para quem trabalha de forma independente, pois a sua carga fiscal é muito pesada ao nível de IRS e Seg. Social, quer nos casos de rendimentos reduzidos, quer de rendimentos elevados. Se no caso de rendimentos reduzidos há poucas (ou nenhumas) soluções, já no caso de rendimentos mais elevados é possível uma abordagem fiscal mais profunda e que permite significativas poupanças.

Como sempre, estamos ao dispôr para os esclarecimentos de que necessitem.

Extra:
Leia aqui a notícia do Diário Económico sobre este assunto.

Wednesday, September 24, 2014

SMN nos 505€ e redução da TSU

     Foi há instantes anunciada a subida do Salário Mínimo Nacional em Portugal para os 505,00€ (recorde-se que era de 485€) a partir do mês de Outubro. De forma a "compensar" as empresas por esta subida de 20€ no SMN, para os funcionários que estavam abrangidos pelo SMN anterior e que serão obrigatoriamente aumentados, está prevista uma redução de 0,75% na TSU a pagar pela entidade patronal.

Simulação:
Até 31 de Setembro
SMN - 485,00€
TSU Empresa (23,75%) - 115,19€
TSU Trabalhador (11%) - 53,35€
Vencimento Líquido - 431,65€
Custo do trabalhador - 600,19€

A partir de 1 de Outubro
SMN - 505,00€
TSU Empresa (23%) - 116,15€
TSU Trabalhador (11%) - 55,55€
Vencimento Líquido - 449,45€ 
Custo do Trabalhador - 621,15€

     Ou seja, na prática, este aumento do SMN traduz-se num aumento líquido de 17,80€ para o trabalhador e num aumento do custo de cada trabalhador de 20,96€ mensais para a entidade patronal.

Aumento do SMN

     Segundo vários orgãos de comunicação social, o Salário Mínimo Nacional aumentará para 505 Euros a partir do mês de Outubro. Tem sido igualmente noticiada uma redução de 0,75% na TSU paga pelo empregador, mas ainda não é claro de que forma se aplicará essa redução.

Notícia Diário Económico
Notícia TSF

Avaliação de Empresas

     A avaliação de uma PME é um processo apaixonante e trabalhoso, porquanto aquelas têm muito mais dificuldade em ver o seu efectivo valor reflectido nas Demonstrações Financeiras e Rácios, possuíndo muitas vezes "valores" intrínssecos e intangíveis muito importantes na avaliação do negócio.

     Esta avaliação poderá ser efectuada de acordo com vários métodos, tendo a certeza porém de que de uma forma absoluta o valor de uma empresa é aquele que alguém está disposto a pagar por ela.

     Processos de partilhas de heranças, entrada de novos sócios ou saída de sócios antigos são as situações que mais comummente levam à necessidade de avaliar, com independência e bases sustentáveis, o valor de uma empresa.

Start Me Up!

 Consultoria ao Desenvolvimento e Implementação de Novos Negócios   

     Start Me Up! é um serviço integrado, que se destina a negócios ainda em fase de criação/desenvolvimento, nomeadamente e em particular a:
- Start Ups
- Empreendedores
- Trabalhadores Independentes

     A nossa experiência acumulada nos campos do desenvolvimento de negócios e apoio contabilístico e fiscal, permitem-nos ter uma visão holística, capaz de canalizar os sonhos dos nossos clientes para o caminho do retorno financeiro. Como costumamos dizer:

"Sonhar é bom, mas não paga contas. E pagando as contas, somos livres para sonhar."

    O cenário económico que o nosso país atravessa neste momento pode não ser muito motivador para uma aposta no empreendedorismo. Mas a experiência diz-nos que este é, sem dúvida alguma, o melhor momento para lançar as bases para o futuro: quem sobreviver hoje, prosperará amanhã ; quem chega hoje ao mercado, vem com uma energia e capacidade para fazer diferente e melhor que, quem já está no mercado e sofre com a crise, não consegue acompanhar.

     Através do Start Me Up! fornecemos um pacote de serviços, com respectiva economia de escala, que compreende:
- Apoio à estruturação do negócio
- Desenvolvimento do Plano de Negócios
- Apoio burocrático à criação do negócio
- Serviços de Contabilidade, Fiscalidade e Processamento de Salários

We Know! You Grow!

Consultoria de Gestão

     A vasta experiência prática acumulada nos mais variados sectores de actividades, que aliamos de forma marcada às vertentes financeira e fiscal, permitem-nos apresentar os nossos serviços de Consultoria de Gestão com uma excelente capacidade de interpretação das necessidades do cliente, rápida identificação de problemas e elevada capacidade de fornecer soluções para os resolver.

     Uma visão externa é, na maioria das vezes, meio caminho andado para o sucesso. A visão de quem está dentro das instituições é desviada, sofre de habituação e erros de simpatia, que muitas vezes colocam em causa toda a organização. Em tempos cada vez mais exigentes, é essencial assegurar que a organização sabe:
- para onde quer ir
- como ir
- se está a ir no caminho certo

Thursday, July 24, 2014

Contabilidade e Fiscalidade

Contabilidade Geral e Analítica:
O serviço de contabilidade que prestamos aos nossos clientes contempla 3 fases, seguindo uma metodologia de trabalho muito rigorosa:

  • Início – análise da realidade do cliente e definição das suas especificidades.
  • Mensalmente – organização do fluxo documental, registo contabilístico e elaboração de mapas de suporte
  • Regularmente – reuniões de acompanhamento da evolução do negócio e resultados contabilísticos

Fiscalidade:
  • Supervisão das operações contabilísticas e fiscais correntes
  • Elaboração e entrega das Declarações Fiscais
  • Estudos de impacto fiscal decorrentes de políticas de investimento das empresas
  • Optimização da rendibilidade através da escolha das melhores soluções fiscais
  • Informação oportuna de alterações de relevo em sede de legislação fiscal e parafiscal
  • Esclarecimentos 

Processamento de Salários:
  • Gestão de Pessoal
  • Processamento mensal de Salários
    • cálculo de folha salarial
    • emissão de recibos
  • Elaboração e entrega das declarações obrigatórias