Valor Magazine – Contabilidade dinâmica, proativa e próxima do cliente

11/08/2021

Contabilidade dinâmica, proativa e próxima do cliente

Artigo publicado, originalmente, na revista Valor Magazine de 24 de Julho de 2021.

A Know2Grow apresenta-se como uma empresa de Contabilidade e Consultoria próxima do cliente, proativa e onde o cliente beneficia de um acompanhamento próximo. Luciano Rodrigues quis contrariar a ideia de que a Contabilidade é uma área de atividade pouco responsiva e desinteressante.

“Eu já tinha dois anos de experiência em Auditoria e nove de trabalho num gabinete de Contabilidade e aquilo que via era uma área profissional “cinzenta”, com processos muito mecanizados e pouco responsiva relativamente aos clientes. Por seu lado, os clientes viam-nos como uma obrigação, por um lado, e por outro como os “polícias” das empresas. Eu queria mudar essa imagem”. É assim que Luciano Rodrigues, fundador e diretor da Know2Grow recorda o que o levou a criar a empresa, sobretudo tendo em consideração o momento em que o fez: “Tendo iniciado este projeto em 2014, sentia que estava na altura de mudar e sentia que os clientes também queriam encontrar um contabilista que fosse diferente. O objetivo era proporcionar um acompanhamento mais próximo, uma forma mais proativa de fazer as coisas e de acompanhar o negócio do cliente”.

O trabalho de consultoria e acompanhamento do negócio é, no entanto, difícil de levar a cabo, considerando todo o tempo que é consumido pelos contabilistas a preencher as dezenas de obrigações declarativas que existem no panorama contabilístico das empresas: “Enviamos várias vezes a mesma informação para diversas entidades estatais, isto porque elas deviam conseguir comunicar entre si e partilhar essa informação, mas não o fazem. Muitas vezes, enviamos a mesma informação, repetidas vezes, para a mesma entidade, em momentos diferentes, porque essa entidade não trabalha dados internamente e, portanto, sempre que é necessário solicitar algo, é necessário reenviar a informação”.

Ainda assim, Luciano Rodrigues encontrou uma solução para que toda a equipa da Know2Grow se sinta motivada e feliz nas funções que desempenha: “A estrutura interna clássica de uma empresa de contabilidade não faz sentido, para mim, porque limita o crescimento das pessoas. Eu gosto de estruturas dinâmicas. Nas estruturas clássicas, as pessoas tendem a tornar-se especialistas numa determinada área ou tarefa, e isso impossibilita que consigam “ver” de uma forma abrangente. Aqui ninguém está sempre a fazer a mesma coisa. Todos vão alterando as suas tarefas, para serem cada vez mais completos. Há um crescimento contínuo, que acaba por ser natural. Esta forma permite que haja um maior conhecimento do cliente e que consigamos falar com o cliente de uma forma mais integrada”.

A Know2Grow foca a sua atividade em quatro áreas específicas – Turismo e Alojamento Local, Entertainment, Serviços Médicos e Internacional – mas o diretor da empresa afirma que esta definição resulta do crescimento orgânico que foi acontecendo: “O crescimento aconteceu, em particular, nestes setores, devido à própria conjuntura do mercado. Iniciámos a empresa em 2014 e, em 2015 e 2016, o Turismo e o investimento imobiliário e internacional desenvolveram-se de forma acentuada. De resto, a atividade contabilística é muito baseada na confiança e os setores foram-se desenvolvendo porque fomos trabalhando com alguns clientes e eles passaram a palavra sobre o nosso serviço”.

Na pandemia, os setores do Turismo e do Alojamento Local foram dos mais afetados, mas Luciano Rodrigues garante que, de todos os seus clientes, poucos ficaram sem qualquer apoio: “A esmagadora maioria dos nossos clientes conseguiram aceder a alguns apoios, o que foi bom para assegurar os postos de trabalho e manter a capacidade instalada nas empresas, para garantir que há capacidade de resposta quando a retoma chegar. O que me preocupa é o tempo que irá demorar até a retoma de facto acontecer. Economia é confiança. E quanto mais tempo a retoma demorar a surgir, mais tempo as pessoas vão precisar para recuperar a confiança e voltar a investir ou consumir descontraidamente”.

Com cerca de 450 clientes, metade deles empresas de contabilidade organizada e os restantes investidores internacionais, a Know2Grow aproveitou a pandemia como catalisador para se modernizar, no que respeita à tecnologia e à digitalização: “Estamos, neste momento, em processo de digitalização do nosso arquivo e de adoção da contabilidade digital, mas quando surgiu a pandemia tivemos de nos adaptar rapidamente, pois aqui ninguém tinha o hábito de trabalhar a partir de casa, por isso quando ficámos em teletrabalho foi necessário agilizar as ferramentas tecnológicas necessárias para conseguirmos continuar a reunir com os clientes e a acompanhá-los nos seus processos, bem como para continuarmos a comunicar entre nós e a trabalhar no dia a dia”. No futuro, Luciano Rodrigues não planeia ser maior. Quer, sim, ser melhor, porque é isso que sustenta o crescimento e faz a equipa feliz.

Mais Actualidade